Quem somos

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social - PPGDS da Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)  está localizado na cidade de Montes Claros- MG, uma cidade de porte médio com cerca de 400 mil habitantes, pólo da macrorregião Norte de Minas e que junto com a região  Vale do Jequitinhonha/Mucuri, constituem a área Mineira da SUDENE (Superintendência para o Desenvolvimento do Nordeste) e a área mineira do Semiárido, uma região marcada pelo entrecruzamento de uma série de desigualdades socioeconômicas, foco de planejamento e políticas públicas específicas voltadas para o desenvolvimento territorial.

Criado no ano de 2004, o Programa  tem desempenhado um papel extremamente relevante, com impactos positivos na formação de recursos humanos qualificados numa região. O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social tem por objetivo oferecer uma formação acadêmica pluralista que contemple as diversas abordagens teóricas e experiências empíricas de Desenvolvimento Social e na reflexão da evolução das idéias sociais.

A produção de conhecimento local tem sido uma ferramenta importante na tentativa de resolver os graves problemas sociais que persistem em grande parte da região, visando a superação da concepção de desenvolvimento restrita ao crescimento econômico. Sendo assim, o conhecimento das particularidades regionais produzido no PPGDS está vinculado às grandes questões do desenvolvimento social global.

A pós-graduação em Desenvolvimento Social compreende uma única área de concentração “Desenvolvimento Social” organizada em duas linhas de pesquisa “Movimentos Sociais, Identidades e Territorialidades” e “Relações Socioeconômicas e Estado”.

O tema do Desenvolvimento Social

Do ponto de vista acadêmico, trata-se de concretizar a centralidade concedida ao Desenvolvimento Social, a partir de conceitos referidos a situações objetivas existentes em uma dada sociedade ou segmento social, mas sempre avaliadas com relação às condições observadas em diferentes sociedades. Ao lado das desigualdades “espaciais” e “setoriais”,  os debates em torno do desenvolvimento social também trazem a questão das desigualdades sociais. Assim, sejam as desigualdades projetadas no plano nacional ou mesmo apenas no Estado de Minas Gerais, verifica-se que estas interpõem empecilhos de várias ordens para um desenvolvimento mais integrado e equânime. Há municípios brasileiros ou mesmo microrregiões com elevados indicadores de desenvolvimento social, ao mesmo tempo outros municípios/microrregiões convivem com baixos indicadores de desenvolvimento social. Além das diferenças de desenvolvimento inter países/regiões/municípios, os processos de desenvolvimento são heterogênos e desiguais intra unidades geográficas de análise.

A construção da noção de desenvolvimento social, de acordo com perspectiva teórico - analítica assumida no PPGDS, pressupõe a identificação de graus progressivos de reconhecimento – no sentido discutido por Axel Honneth (2003) – considerando que o incremento não se limitaria a expansão natural da capacidade dos agentes produtivos. Ideias de justiça e igualdade introduzem fundamentos próprios na construção da esfera pública, de modo a permitir, conforme a perspectiva de investigação, o seu exame numa dimensão estrutural ou com referência a análises de particularidades locais ou mesorregionais.

O desenvolvimento social consiste, nestes termos, em movimentos cumulativos, sistêmicos ou comunitários, que alteram padrões culturais, formas sociais dominantes e estilos de vida, orientando ações coletivas e individuais pautadas em valores éticos e meios dialógicos para a resolução de conflitos. Desenvolvimento social, portanto, resulta de processos dinâmicos e interativos que orientam a expansão e a coesão nas sociedades contemporâneas, atualizando as relações e as instituições sociais.

 


Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Social - PPGDS - Tel. (38) 3229-8149

 

Powered by Warp Theme Framework
Poker bonus at bet365.com